Londrina reabre praças de alimentação em shoppings

Publicado por Stevan Arruda

Lojas de conveniência em postos de combustíveis devem funcionar até as 22 horas; uso de máscara facial e álcool em gel 70% continuam sendo obrigatórios

 Foto: Emerson Dias

As praças de alimentação em shoppings centers de Londrina podem reabrir a partir desta segunda-feira (20). A determinação está disponível no Decreto Municipal n.º 834, publicado hoje no Jornal Oficial do Município. Além dessa medida, a Prefeitura regulamenta outras para o enfrentamento à pandemia do coronavírus, que devem ser obedecidas até, no mínimo, o dia 27 de julho.

Como deve funcionar – Ficou estabelecido que os shoppings, galerias e centros comerciais podem funcionar de segunda-feira a sexta-feira, das 11 horas às 19 horas e, sempre que necessário, com sistema de escala de revezamento entre os contratados. Os bares, lanchonetes e restaurantes das praças de alimentação dos shoppings e os demais espalhados pela cidade devem atender, no máximo, com 50% de sua capacidade. Além disso, as mesas disponíveis não podem ter mais de 50% de seus assentos ocupados pelos clientes e é obrigatório o distanciamento de, no mínimo, de 2 metros entre elas.

“Durante quatro meses, as praças de alimentação de shoppings ficaram sem funcionar. Então, estamos autorizando o retorno do funcionamento deles, seguindo todas as regras de proteção e as medidas de prevenção que garantem a saúde e a vida de todos os trabalhadores e clientes dos shoppings. Os critérios válidos para as praças de alimentação dos shoppings são basicamente os mesmos que valem para os bares, lanchonetes e restaurantes em demais locais da cidade”, explicou o prefeito.

Os clientes desses estabelecimentos alimentícios devem ser avisados, mediante cartazes, sobre o número máximo de pessoas que podem entrar no local ao mesmo tempo. Os funcionários e prestadores de serviços devem utilizar máscaras em tempo integral e os clientes também, exceto no momento em que estiverem comendo ou bebendo algo.

Foto: Vivian Honorato

Quanto à limpeza, que é primordial para a prevenção da Covid-19, é obrigatória a limpeza preferencialmente com álcool líquido 70% a cada uso e está proibido o uso de toalhas não descartáveis. Quando o restaurante for no estilo buffet, o mesmo deve disponibilizar um funcionário para servir os alimentos ou, então, luvas para os clientes. Já os pratos e talheres devem ser desinfetados com álcool ou máquina de lavar industrial. Nos caixas para pagamento das contas deve ser instaladas barreiras de proteção ou o uso obrigatório de protetores faciais conhecidos por face shieds, e as máquinas de cartão de crédito devem ser higienizadas a cada uso.

O objetivo é que os bares, restaurantes e lanchonetes da cidade como um todo possam atender presencialmente até as 22 horas, seguindo todas as regras do decreto. Após este horário, eles poderão funcionar apenas, por meio do sistema de entrega em domicílio (delivery), de retirada no local mediante prévia encomenda e através de agendamento (take away e drive through).

As crianças podem frequentar restaurantes, bares e lanchonetes desde que acompanhadas de seus pais, mas continuam proibidas de se utilizarem de espaços como os playgrounds, espaço Kids, salas de jogos e diversão ou similares.

Lojas de conveniência – Outra alteração trazida no decreto é quanto ao funcionamento das lojas de conveniência. Aquelas instaladas em postos de combustíveis poderão abrir somente até as 22 horas. O prefeito explicou que, após este horário, está proibida a comercialização de produtos e o funcionamento mesmo que seja por meio do sistema de comida para levar, o famoso take away ou pelo delivery. Segundo Marcelo, a intenção é evitar a aglomeração de pessoas que estavam utilizando esses sistemas para permanecer nos postos de combustíveis.

O prefeito citou que, no momento de retomadas da quarentena decretada pelo governo do Paraná, há um desafio com relação aos usuários de lojas de conveniência. “Quando fecham os restaurantes, lanchonetes e bares, às 10 horas da noite, muitas pessoas acabam indo para as lojas de conveniência que ficam nos postos de gasolina. Ficam ali conversando, bebendo e não utilizando a máscara. Por isso, a partir de hoje, está proibida a abertura das lojas depois das 22 horas, inclusive de take away”, disse Marcelo.

Redação Agora Londrina com N.Com | Prefeitura de Londrina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s